sexta-feira, 21 de março de 2008

20 EDSON SIMÕES


Natural de Getulina, São Paulo, Edson Simões de Souza foi o secretário de Segurança Pública no período de março de 1991 até março de 1992, na administração do governador Osvaldo Pianna, tendo sido substituído pelo delegado Joveli Gonçalves de Almeida, hoje aposentado.
Nascido a 04 de maio de 1956, Edson Simões formou-se em Direito pela Faculdade de Direito de Sorocaba (SP) no ano de 1983. Ele ingressou na Policia Civil de Rondônia no ano de 1984, através de concurso público realizado em Brasília. Possui formação no Curso Superior de Policia através da Academia de Policia de Brasilia no ano de 1988. Foi Delegado Titular da Delegacia de Policia de Pimenta Bueno no primeiro semestre do ano de 1985; Delegado Titular da Delegacia de Policia de Espigão do Oeste no segundo semestre do ano de 1985; Delegado Regional de Vilhena no ano de 1986; Diretor do Departamento de Policia do Interior no ano de 1987; Diretor do Departamento de Policia Metropolitana da Capital no ano de 1988; Diretor Geral de Policia (Interino) em duas oportunidades, em substituição aos Drs. Francisco Esmone Teixeira e Vanderlei Mosini; Secretário Adjunto da Segurança Publica no ano de 1990 até março de 1991, na gestão do Dr. João do Valle, no Governo Gerônimo Santana.
Antes de assumir a pasta da Segurança, Edson Simões participou das investigações de inúmeros casos de repercussão, tais como o sequestro da estudante Verinha Corbélia, na cidade de Ariquemes no ano de 1988, praticado pelos irmãos Campos; do sequestro da Professora Maria, esposa do Pedrinho do Posto, na cidade de Pimenta Bueno no ano de 1999, resultando na prisão dos sequestradores e recuperação do dinheiro pago; o sequestro da esposa e filho do empresário Ivan da Locadora, em Porto Velho, no ano de 1991, resultando na prisão e recuperação total do dinheiro pago aos seqüestradores; na prisão da quadrilha do Sargento, que assaltou a agência central do Banco do Brasil, no ano de 1988, na época foi o maior assalto a banco até aquele ano no Brasil; na prisão e desarticulação de uma quadrilha de traficantes que roubava aviões no interior do Estado, especialmente na cidade de Ji-Paraná, para trocá-los por drogas. O bando chegou a roubar aviões da Fazenda Nova Vida, da empresa Romave e da Eucatur.
Quando assumiu o Departamento de Policia Metropolitana, no ano de 1988, foi o responsável pela desmobilização, desocupação e mudança da zona de prostituição que existia e funcionava no trevo do Roque, efetuando inúmeras prisões de proprietários de casas noturnas que alí funcionavam e que estimulam o comercio do sexo, da droga, além de apresentarem um péssimo cartão de visitas da cidade à época.
Também no ano de 1988, quando Diretor do Departamento de Policia Metropolitana, e na gestão do Prefeito Chiquilito Erse, Edson Simões atuou em conjunto com a Policia Militar, sob comando do coronel Ferro, para desarticulação e desocupação de barracas e camelos que funcionavam no pátio interno da Rodoviária local, os quais aborreciam, incomodavam e atrapalhavam os passageiros que por ali passavam além da praticarem diáriamente constantes assaltos e golpes nos mesmos.
Mais tarde, na administração do governador José de Abreu Bianco, Edson Simões foi Secretário Executivo da Policia Civil no período de 1999 até 2002. Atualmente assessora o secretário Paulo Moraes , na Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania, participando da equipe de elaboração de projetos e convênios.
Edson Simões é a autor da monografia intitulada Policia e Comunidade. Ele participou da elaboração do Plano Estadual de Segurança Pública no ano de 2002, e de inúmeros projetos que resultaram na aquisição de viaturas e equipamentos para a Policia Civil e Militar, desde o ano de 1999 até o período em que Paulo Moraes era o secretário da Segurança.

Um comentário:

joaogustavo disse...

Parabéns tio. Sabemos o que você fez pela polícia do Estado. Espero seguir os mesmos passos e conseguir ser uma Autoridade POLICIAL, ou seja, Delegado.